JESUS, O TEMPLO

JESUS, O TEMPLO

“Ele, porém, se referia ao santuário do seu corpo.”
Jo 2.21

Parte do movimento conhecido como evangélico no Brasil tem investido na construção de grandiosos templos. No AT a habitação de Deus se dava no tabernáculo. O judeu fiel possuía o hábito de ir a Jerusalém pelo menos em três datas especiais. Uma delas era na Festa da Páscoa. Era uma longa jornada e poderia levar dias ou até semanas. Some-se a isso o fato de que a adoração se baseava, principalmente, no sacrifício de animais como oferta.

Dá para imaginar como seria difícil carregar os animais? Era mais fácil comprá-los lá. Por isso, algumas pessoas enxergaram um negócio lucrativo. O desejo de facilitar a vida dos peregrinos, cedeu lugar à ganância de lucrar. Jesus usou as próprias mãos para expulsar aqueles que estavam transformando o templo num estabelecimento comercial da fé. Diante dos questionamentos sobre a base com que ele fazia e dizia aquelas coisas, Jesus diz: “Derribai este santuário, e em três dias o levantarei.Como poderia um homem levantar em três dias um templo construído em décadas? Esta declaração, na verdade, foi o anúncio de sua morte e ressurreição. Chamando seu corpo de templo, Jesus ensina que ele é a verdadeira habitação de Deus. No Filho reside a plenitude do Pai, não em templos feitos por mãos humanas. Através de Jesus Cristo temos livre acesso à presença de Deus.

Referência para leitura: João 2

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

download

 

0

OVELHAS DO BOM PASTOR

OVELHAS DO BOM PASTOR

“O Senhor é o meu pastor;
nada me faltará.”
Sl 23.1

Nossa mente está cheia de números e senhas. Parece que somos conhecidos por nossos números. O governo nos conhece pelo CPF. O banco pelo número da conta. Os correios pelo CEP. E por aí vai. A maravilhosa verdade é saber que Deus nos conhece intimamente. O nosso bom pastor nos conhece melhor do que nós mesmos. Como Davi podemos afirmar: “O Senhor é o meu pastor.” No Evangelho de João, o próprio Jesus Cristo se identifica como o bom pastor.

Jesus, diferentemente dos maus líderes religiosos e políticos, é o pastor que cuida, alimenta, reúne e protege as ovelhas com a própria vida. Ele conhece cada uma das ovelhas pelo nome. Com ele há pastagem tranquila e aprisco seguro para o rebanho. Ele afugenta os lobos e os mercenários. O supremo pastor ama as suas ovelhas. O amor de Jesus pelas ovelhas foi demonstrado quando ele morreu no lugar delas.Jesus é o pastor que vai atrás de cada ovelha. Ele sai à procura dela e festeja quando a encontra. Ele é o pastor incomparável. Jesus é o pastor que se tornou cordeiro para o matadouro para garantir o perdão absoluto e a justificação dos eleitos de Deus. Um dia viveremos em novo céu e nova terra, onde habitaremos junto às águas de descanso, sob o governo do supremo pastor, Jesus Cristo.

Referência para leitura: Salmo 23

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

ovelha

0

O CUIDADO ESPECIAL DE DEUS

O cuidado especial de Deus
“lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”
1 Pe 5.7.
Os remédios calmantes, usados para controlar a ansiedade, lideram as vendas. É preciso dizer que não sou contra medicamentos. O problema é quando as sensações artificiais nos prendem a um estado permanente de artificialidade química: o sono químico, a calma química, a paz química. Passamos a utilizá-los como solução final. O remédio pode ajudar, mas se a causa não for tratada ficaremos escravos desses remédios.De acordo com Pedro, a ansiedade pode ser vencida a partir da perspectiva do cuidado de Deus. Apesar da afirmação, nem sempre ele confiou nesse cuidado. Na primeira vez que o verbo cuidar aparece no NT temos um mar revolto como pano de fundo. Desesperados, os discípulos sacodem Jesus e lhe perguntam: Nós vamos morrer e você não se importa? Essa é a pergunta que muitos fazem: “Senhor, você não se importa com meus problemas?”Pedro aprendeu a lição: “Ele tem cuidado de nós”. Mesmo em meio às difíceis situações, Jesus cuida de nós. O cuidado dele não se mede pelo livramento dos problemas. O cuidado de Jesus se experimenta em meio às adversidades. Sob perseguição, Pedro diz: “Jesus está cuidando de vocês.” Por isso podemos lançar sobre ele, não uma ou duas, mas toda a nossa ansiedade. O texto diz que Jesus tem cuidado. O cuidado de Jesus Cristo é diário e nos mínimos detalhes.

Referência para leitura: 1 Pedro 5

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

100

0

Você quer ser curado?

Você quer ser curado?

“Jesus, vendo-o deitado e sabendo que estava assim há muito tempo, perguntou-lhe: Queres ser curado?”
Jo 5.6

Há muitas pessoas enfermas, doentes do corpo e da alma, sem esperança de cura, rendidas ao completo desânimo. 
A cura, porém, é uma possibilidade. Deus cura através dos meios, sem os meios e apesar dos meios. A palavra de Deus relata, em João capítulo 5, uma cura extraordinária. Um dia Jesus chegou para uma festa em Jerusalém. Mas, deixou a festa e foi para o tanque de Betesda, a Casa de Misericórdia, onde havia uma multidão de enfermos.

Ali Jesus viu um homem paralítico, entregue ao seu infortúnio há trinta e oito anos. Perguntou-lhe: “Queres ser curado?” 
O homem respondeu com uma evasiva: “Eu não tenho ninguém”. Com isso, quis dizer: Eu estou só e abandonado à minha própria sorte. Aquele que perguntou, porém, é o mesmo que tem poder para levantar o paralítico. Então Jesus lhe disse: “Toma o teu leito e vai para a tua casa”.Jesus pode o impossível. Ele dá vista aos cegos, levanta os coxos e faz falar os mudos. Jesus pode erguer você do monturo e fazer você assentar-se entre príncipes. Aquele homem, sob a ordem de Jesus, se pôs a andar e a glorificar a Deus. Hoje, também, Jesus pode fazer um milagre em sua vida. Ele pode devolver a esperança ao seu coração. Ele pode perdoar os seus pecados, restaurar sua sorte e dar a você a vida abundante e eterna.

Referência para leitura: João 5.1-18

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

face

0

Alívio para os cansados!

ALÍVIO PARA OS CANSADOS!
“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei”
Mt 11.28
As pessoas andam aflitas como ovelhas sem pastor. Andam errantes pelos desertos da vida, por lugares tenebrosos e escorregadios. Muitos estão cansados por causa de seus pecados. Cansados por causa do vício e da culpa. Cansados de brigas e mágoas. Cansados pela falta de propósito na vida. A todos os que estão cansados e sobrecarregados Jesus faz um convite: “Vinde a mim, todos vós que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei”.Jesus tira o fardo, preenche o vazio, satisfaz a alma e traz alívio verdadeiro e permanente. O alívio das drogas é falso. 
O alívio do álcool é passageiro. O alívio dos prazeres e aventuras traz ainda mais pesar. Depois do convite, Jesus chama para um compromisso: “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração”. Jesus nos dá direção para a vida e nos ajuda a carregar nossos fardos.Seguir os seus passos é matricular-se na escola da mansidão e da humildade. Finalmente, Jesus faz uma promessa: “…e achareis descanso para a vossa alma”. Em Jesus encontramos descanso para a nossa alma. É sob seu sangue que encontramos perdão para os nossos pecados. É debaixo do abrigo de sua graça que encontramos plena salvação. É em sua presença que desfrutamos de alegria perene.

Referência para leitura: Mateus 11.28-30

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

salvação

0

Não levante monumento à sua dor!

NÃO LEVANTE MONUMENTO À SUA DOR
“Não me chameis Noemi; chamai-me Mara, porque grande amargura me tem dado o Todo-poderoso”
Rt 1.20

A vida é como uma estrada cheia de curvas. Há incidentes e acidentes. Há pranto e dor. Somos golpeados por muitas aflições. Mas, o sofrimento não é permanente. Vai passar. 
A palavra de Deus diz que a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória e que o sofrimento do tempo presente não pode ser comparado com as glórias futuras. Por isso, não levante monumentos à sua dor.

Você deve alegrar-se por passar por diversas provações, porque o propósito dessas dificuldades é aperfeiçoar você. Os acontecimentos da sua vida não estão fora de controle. As rédeas da sua vida estão nas mãos do Deus vivo. Noemi, depois de perder seu marido e seus filhos em terra estrangeira, resolveu mudar de nome. Seu nome significa feliz, mas ela mudou seu nome para Mara, cujo significado é amargura. Ela ergueu um monumento permanente à sua dor. Ela olhou para Deus como o causador de suas tragédias e nem sabia que por trás daquela providência carrancuda Deus estava sorrindo para ela, preparando-lhe uma linda história.Sua nora seria bisavó do grande rei Davi e ancestral do Messias. Aquilo que parecia uma tragédia, transformou-se em triunfo bendito. Descanse na providência de Deus. Ele está trabalhando por você e não contra você.

Referência para leitura: Rute 1.1-22

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

estrada

 

0

Descansa no Senhor

Descansa no Senhor
“Descansa no Senhor e espera nele…”
Sl 37.7

O homem gosta de sentir-se no controle de todas as coisas. Quer sempre ter as rédeas de sua vida em suas próprias mãos. Sente-se inseguro e até ameaçado quando não se vê no comando de sua própria existência. O resultado é que não é fácil o homem entregar seu caminho, sua vida, seus sonhos e seus problemas nas mãos de Deus. Mas Deus nos ordena a colocar tudo em suas mãos e descansar nele. Ele é o Todo-poderoso Deus, que criou o universo e sustenta todas as coisas pela palavra do seu poder.

Ele tem todas as credenciais para cuidar de sua vida, pois, ele é quem a todos dá a vida, a respiração e tudo o mais. Nele vivemos, nos movemos e existimos. Ele pode restaurar sua sorte, curar suas enfermidades e consolar seu coração aflito. Ele pode perdoar seus pecados, restaurar sua alegria e aliviar sua bagagem. Descansa em Deus. Coloque aos pés de Jesus o seu fardo. Lance sobre ele toda a sua ansiedade.Ele é poderoso para cuidar de você e dar descanso à sua alma. Jesus Cristo convida a todos: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados e eu lhes aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve” (Mt 11.28-30).
Referência para leitura: Salmos 37.1-11

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

21

0

A Paz mesmo nas turbulências.

A Paz mesmo nas turbulências.
“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”
Jo 14.27
 A paz é um estado de alma, quando desfrutamos de plena confiança em Deus, mesmo nas turbulências mais ruidosas da vida. A paz não é ausência de tempestade, é o senso da presença protetora de Deus na tempestade. Num mundo marcado pela guerra, ferido pelo ódio e encharcado de aflição, nós podemos experimentar a paz de Deus, que excede todo o entendimento. Em vez de vivermos estrangulados pela ansiedade, podemos ser protegidos pela paz.
A paz de Deus é a sentinela que guarda a nossa mente e o nosso coração, a nossa razão e os nossos sentimentos. A paz de Deus é diferente da paz com Deus. Esta fala de um relacionamento certo com Deus; aquela de um sentimento de descanso em virtude desse relacionamento. A paz com Deus é a raiz e a paz de Deus é o fruto. A paz com Deus é a causa e a paz de Deus é o resultado. A paz de Deus substitui a ansiedade, quando nas turbulências da vida deixamos de olhar para as circunstâncias para adorarmos a Deus por quem ele é e rendermos graças pelo que ele faz.Adoração, petição e gratidão são os remédios divinos para a ansiedade e a paz de Deus é a cura que invade nossas mentes e corações. Você não precisa viver atormentado. Você pode experimentar agora mesmo a paz de Deus, que excede todo o entendimento.

Referência para leitura: João 14.1-31

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

paz-de-deus-2

0

No dia 08/06 o Diretor Geral do Colégio Fetma e Pastor Darlon Guimarães assumiu a Capelania do Hospital Socorrão II

No dia 08/06 o Diretor Geral do Colégio Fetma e Pastor Darlon Guimarães, pós graduado em Capelania assumiu a Capelania do Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura, o Socorrão II, como Capelão Titular.

0

A pedagogia de uma mãe virtuosa

A pedagogia de uma mãe virtuosa
“Fala com sabedoria, e a instrução da bondade está na sua língua”
Pv 31.26
 Provérbios 31.10-31 fala sobre a mulher virtuosa, destacando as diversas facetas de sua vida. A mulher virtuosa tem sucesso no trabalho e também na criação dos filhos. Ela é esposa e empresária, mas também, e sobretudo, mãe. São as mães que mais tempo ficam com os filhos no período da infância, tempo decisivo, onde se forja o caráter deles. São as mães que compartilham seu corpo, seu leite e sua vida na formação dos filhos. A mulher virtuosa é educadora. Fala com sabedoria e sabedoria é o uso correto do conhecimento.
Sabedoria é olhar para a vida com os olhos de Deus. Os filhos precisam não apenas de casa, roupa, comida e educação. Precisam, também, e sobretudo, de palavras de sabedoria. Precisam da instrução que vem do alto, do ensino que emana das Escrituras. Precisam conhecer a Deus. A instrução da bondade está na língua da mulher virtuosa e bondade é investir na vida dos outros.Ela não apenas instrui, mas também se interessa de forma prática pelos filhos. Não basta amar o ensino, precisamos amar as pessoas que ensinamos. Não basta ter apego aos valores que transmitimos para os filhos, precisamos transmitir esses valores demonstrando profundo amor por eles. A forma como ensinamos é tão importante como o que ensinamos aos nossos filhos.

Referência para leitura: Provérbios 31.10-31

Rev. Darlon Guimarães

Capelão Escolar

cap

 

0
Page 4 of 5 12345